Apoiar o PT foi a coisa mais equivocada que já fiz, diz Caio Fábio

Na terça-feira (14) pelo canal online Vem e Vê TV, foi ao ar um bate-papo colocando lado a lado o filósofo Olavo de Carvalho e o pastor Caio Fábio. O mediador da conversa foi o humorista Danilo Gentili. Segundo a organização, foram mais de 150 mil pessoas acompanhando ao vivo, derrubando o site de propriedade de Caio Fábio.
Durante quase duas horas, a conversa se deteve em analisar por que a alternância de poder é benéfica ao país. Em comum, Caio e Olavo tem uma postura clara contra o governo do Partido dos Trabalhadores. Enfático, o filósofo que foi militante comunista na juventude, chegou a afirmar que o PT sequer deveria existir.
Embora more atualmente nos EUA, Olavo acompanha diariamente a situação no Brasil. Fez denúncias graves da ligação de Lula com o Foro de São Paulo, organização que visa implantar o comunismo na América Latina. Deixando claro que a eleição de Aécio não resolveria os problemas do país, mas seria um início, pois existe um “aparelhamento ideológico do Estado”.
Caio contou sobre como o ex-presidente Lula lhe procurou na década de 1990 para tentar mudar sua imagem junto aos evangélicos. Confessou que conseguiu fazer essa aproximação, mas estava arrependido. Em 1998, envolveu Caio Fábio no malogrado “Dossiê Cayman”, que ligava falsamente o presidente Fernando Henrique Cardoso a contas no exterior.
Essa aproximação com Lula foi “a coisa mais equivocada” que já fez na vida.  Classificando Lula e José Dirceu como pessoas “com ausência total de caráter”, com um projeto de dominação e controle da nação.  Contando que caiu “num malogro dos mais perigosos”, lamentou a situação do país, comparando-a com a ditadura militar.
Curiosamente, Gentili não fez uso de suas características piadas, agindo mais como um jornalista mediando um debate político.
VERDADE GOSPEL
Compartilhar no Google Plus

About Pr joão Monteiro

Postar um comentário

Obrigado Pela Sua Visita

Membra-se na rede

sábado, 25 de outubro de 2014

Apoiar o PT foi a coisa mais equivocada que já fiz, diz Caio Fábio

Na terça-feira (14) pelo canal online Vem e Vê TV, foi ao ar um bate-papo colocando lado a lado o filósofo Olavo de Carvalho e o pastor Caio Fábio. O mediador da conversa foi o humorista Danilo Gentili. Segundo a organização, foram mais de 150 mil pessoas acompanhando ao vivo, derrubando o site de propriedade de Caio Fábio.
Durante quase duas horas, a conversa se deteve em analisar por que a alternância de poder é benéfica ao país. Em comum, Caio e Olavo tem uma postura clara contra o governo do Partido dos Trabalhadores. Enfático, o filósofo que foi militante comunista na juventude, chegou a afirmar que o PT sequer deveria existir.
Embora more atualmente nos EUA, Olavo acompanha diariamente a situação no Brasil. Fez denúncias graves da ligação de Lula com o Foro de São Paulo, organização que visa implantar o comunismo na América Latina. Deixando claro que a eleição de Aécio não resolveria os problemas do país, mas seria um início, pois existe um “aparelhamento ideológico do Estado”.
Caio contou sobre como o ex-presidente Lula lhe procurou na década de 1990 para tentar mudar sua imagem junto aos evangélicos. Confessou que conseguiu fazer essa aproximação, mas estava arrependido. Em 1998, envolveu Caio Fábio no malogrado “Dossiê Cayman”, que ligava falsamente o presidente Fernando Henrique Cardoso a contas no exterior.
Essa aproximação com Lula foi “a coisa mais equivocada” que já fez na vida.  Classificando Lula e José Dirceu como pessoas “com ausência total de caráter”, com um projeto de dominação e controle da nação.  Contando que caiu “num malogro dos mais perigosos”, lamentou a situação do país, comparando-a com a ditadura militar.
Curiosamente, Gentili não fez uso de suas características piadas, agindo mais como um jornalista mediando um debate político.
VERDADE GOSPEL
Postar um comentário